Juventude é chave para desenvolvimento local, diz relatório

18.11.2014 - 1,8 bilhão de jovens é a chave para o desenvolvimento global, aponta relatório do UNFPA

Apresentação dos resultados do relatório contou com a participação do vice-presidente do Conjuve, Daniel Souza

Os países em desenvolvimento com uma numerosa população de jovens podem ter um grande impulso em suas economias se realizarem investimentos na juventude, com ênfase em educação, em saúde e na proteção dos direitos dessa população. É o que aponta o relatório Situação da População Mundial 2014, divulgado na última terça-feira (18) pelo Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) das Nações Unidas (ONU), em Brasília.

Segundo o relatório, existem atualmente 1,8 bilhão de jovens no mundo na faixa etária dos 10 aos 24 anos. “A cifra atual sem precedentes é uma grande oportunidade para mudar o futuro”, disse Babatunde Osotimehim, diretor executivo do UNFPA. “Os jovens são os inovadores, criadores, construtores e líderes do futuro. Entretanto, eles só podem transformar o futuro se tiverem saúde e as condições de vida adequadas”, acrescenta.

“Para podermos avançar com passos largos, temos que fortalecer a participação da juventude em espaços internacionais e nacionais para discutir de forma densa o que queremos para os próximos anos. Sem a juventude isso não é possível. Fortalecer o protagonismo juvenil e a participação social e políticas da juventude é a maior contribuição que poderíamos dar neste momento”. afirmou Elisa Guaraná de Castro, coordenadora de Políticas Transversais da Secretaria Nacional de Juventude (SNJ) e integrante da Comissão Nacional de População e Desenvolvimento, que representou a SNJ no evento de lançamento do relatório sobre a Situação da População Mundial 2014.

“Não podemos pensar em politicas públicas sem ouvir as demandas. Este relatório pode nos dar subsídios para pensarmos em marcos legais no âmbito internacional e em como preencher as lacunas da promoção dos direitos de juventude”, disse Daniel Souza, vice-presidente do Conselho Nacional de Juventude (Conjuve), durante o evento.

“O sucesso do próximo grande impulso por parte da comunidade internacional para o desenvolvimento sustentável será proporcional ao apoio que for dado às pessoas jovens e ao nível de participação que venham a ter nas decisões que vão afetar suas vidas e nosso futuro comum. Se forem priorizadas as necessidades e aspirações das e dos jovens, se a juventude for engajada, é mais provável que a nova agenda seja bem sucedida”, ressaltou a oficial de Programa do UNFPA Brasil, Anna Cunha.

O relatório, lançado globalmente no dia 18, trata dos desafios e oportunidades para 1,8 bilhão de pessoas com idade entre 10 e 24 anos que vivem atualmente em todo o mundo, a maior população de jovens da história. Com políticas e investimentos adequados em capital humano, os países podem capacitar as pessoas jovens para promover o desenvolvimento econômico e social e aumentar a renda per capita, diz o documento do UNFPA.

Acesse aqui o relatório na íntegra.
Texto original publicado no site do Conselho Nacional de Juventude

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s